segunda-feira, 21 de abril de 2008

Oração de mergulho ou de imersão!!



Estudo tirado do livro “mergulhadores” (que ainda está sendo escrito)

Oração de imersão ou de mergulho!

Salmos 46:10 - Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre os gentios; serei exaltado sobre a terra.

Lamentações 3:26 - Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do SENHOR.

Muitas vezes já ouvimos e ensinamos a importância da oração na vida de um crente em Jesus. O problema é que podemos fazer isso de uma forma religiosa e sem resultado, trazendo ao invés de gozo e paz – tristeza e decepção.
Uma das piores coisas que pode existir na igreja é um crente que não ora, mas a pior coisa que existe entre todas as outras – olha que são muitas – é um crente que acha que ora!
Não é porque dobramos os joelhos e falamos umas palavras bonitas que nem mesmo nós entendemos e blábláblábláblá que estamos logrando êxito em nosso tempo de oração. Falamos, falamos e falamos e como se fôssemos um raio saímos tão rápido do lugar de intimidade como entramos.
Por que tanta falta de resultados e tanta tristeza entre o povo que deveria ser o povo mais feliz do mundo?

Porque sua oração é uma oração religiosa, sem a presença de Deus e sem relacionamento experimental com o Senhor, está mais para uma vida teórica e fria do que uma vida profunda e cheia do Espírito Santo.
Charles Finney disse um dia a alguns crentes que o convidaram para orar com eles: “Eu não vou orar com vocês. Vocês oram por orar, pois não vejo nenhuma de suas orações respondidas e eu não quero fazer por fazer!”
Claro que todo tipo de busca, ou seja, todo tipo de movimento em direção ao Senhor será de alguma forma honrada e recompensado por Ele, mas é tempo de mergulharmos mais fundo em nosso relacionamento com Jesus e buscarmos uma vida de oração na presença manifesta de Deus e não simplesmente uma vida de oração.
Nosso avanço aqui nessa terra não pode ser acidental, mas fruto de uma experiência com o Senhor.
Quando digo avanço ou sucesso não quero com isso parecer que estamos apenas buscando resultados naturais e como a maioria deseja- financeiros. O maior bem que podemos receber é a própria pessoa de Jesus Cristo, sua amizade e conseqüentemente dividir com ele sua responsabilidade.

(Salmos 31:19) - Oh! quão grande é a tua bondade, que guardaste para os que te temem, a qual operaste para aqueles que em ti confiam na presença dos filhos dos homens!
(Salmos 31:20) - Tu os esconderás, no secreto da tua presença, dos desaforos dos homens; encobri-los-ás em um pavilhão, da contenda das línguas.

(Mateus 6:6) - Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.
(Salmos 68:3) - Mas alegrem-se os justos, e se regozijem na presença de Deus, e folguem de alegria.

(Salmos 97:5) - Os montes derretem como cera na presença do SENHOR, na presença do Senhor de toda a terra.

(Eclesiastes 8:3) - Não te apresses a sair da presença dele, nem persistas em alguma coisa má, porque ele faz tudo o que quer.

(Lamentações 2:19) - Levanta-te, clama de noite no princípio das vigias; derrama o teu coração como águas diante da presença do Senhor; levanta a ele as tuas mãos, pela vida de teus filhinhos, que desfalecem de fome à entrada de todas as ruas.
(Atos 3:19) - Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR,

CONTINUA......

Um comentário:

Rafaela Dias disse...

Verdadeiramente temos buscado a Deus com propósitos materiais, e feito orações vazias que não passam de vãs repetições.
Estava pesquisando estratégias para incentivar alguém a orar e acabei encontrando esse blog. Visitarei muitas vezes mais. Que Deus o abençõe, estarei orando por ti e sua família, não com palavras futéis, mas com uma oração eficaz!